Foto: Adriane Rocha

Nova Ranger 2017 – Testamos

Hoje eu voltei lá para o meio dos anos 80, lembrando de umas férias que tivemos. Mais precisamente as férias de julho de 88… quando a segurança no transito e o código de transito permitam atrocidades (ou como eu prefiro ilustrar, formava caráter) e meus pais alugaram uma casa em Campos do Jordão e convidamos diversos amigos para a casa e o casal de amigos do meu pai tinham uma F-1000. Aquela F-1000 clássica, azul com o teto branco (se não me engano 1981) que não era nem 4X4, não tinha Advancetrac (controle de tração, estabilidade, assistente de partida em rampa, luzes de emergência em frenagem brusca, etc), não tinha Ssitema Isofix para fixar cadeirinhas infantis, nem o cinto de segurança era três pontos.

Nessa F-1000, colocamos um colchão de casal na caçamba e fizemos todos os passeios por Campos, confortavelmente instalados nesse “motor-home”, pois a capota era daquelas de lona.

O tempo passou, meu “tio” comprou outra F-1000 (marrom metálica) e sempre segui nutrindo minha paixão por caminhonetes tendo a F-1000 como modelo de força e robustez. Mas fiquei órfão quando em 1998 ela deixou de ser produzida e a recém lançada Ranger, era mais moderna, porém não era tão imponente como a F-1000.

Cheguei a dirigir um tempo depois essas caminhotes deliciosamente robustas e sem os confortos de hoje em dia, como cambio automático, acionamento da tração 4X4 com botões, câmera de ré com sensores de estacionamento, muito menos AirBags e sistema multimídia integrado (olhe lá, tinha uma fita cassete pois meu tio era mão de vaca).

Nova-Ranger-Lama

Nova Ranger – O teste

Agora voltamos para 2016, saímos de Campos do Jordão e pousamos em Foz do Iguaçu para corrermos até Puerto Iguazu, na Província de Misiones em plena reserva florestal onde, na última semana, pude conhecer a Nova Ranger 2017. Eu adoraria dizer que foi uma volta ao passado, mas isso seria impossível. Foi uma viagem ao futuro.

Desde o primeiro contato com a Nova Ranger, eu pude afirmar que finalmente temos uma caminhonete parruda e imponente. Ela cresceu (eu sempre tive preconceito com a Ranger, porque ela não era nem uma Pampa, nem uma F-1000) e ficou mais próxima das picapes da série F, as grades e os faróis interligados dão vida àquela frente e as rodas de 18 polegadas (na versão Limited) dão a altura que uma caminhonete precisa ter.

Equipe-Ford-Ranger

Dentre as 6 opções de cores (perolizadas: vermelho Toscana, preto Gales, cinza Moscou, azul Aurora, metálicas: prata Geada e prata Viena e a sólida: branco Ártico) escolhi a preta e eu minha equipe composta pelos amigos Nick Ellis, Marcelo Julião, Karina e Bruna partimos para uma trilha preparada dentro de uma base militar próxima à tríplice fronteira, como você pode acompanhar no vídeo.

A Nova Ranger conseguiu virar uma picape forte e bruta mas como um carro de luxo.

Dentre os componentes de segurança e conforto presentes no carro, estão itens como o AdvanceTrac, sete Airbags, chave programável MyKey com possibilidade de limitar velocidade máxima, volume máximo do sistema de áudio e inclusive impedir o desligamento do sensor de estacionamento ou do controle de estabilidade (esses dois últimos testamos durante o test drive, com os apitos a cada galho de árvore fora do lugar).

Nova-Ranger-controle-de-transmissão

Mas como ex-proprietário de caminhonete (tivemos uma da concorrência lá para 1992-1996), a maior novidade é a garantia de 5 anos sem limites de quilometragem (para pessoas físicas) com revisões a cada 12 meses e preços já definidos a cada uma das revisões.

Os proprietários de Ranger, já podem ir até a rede de concessionárias para garantir a sua Nova Ranger 2017 com desconto de fidelidade.

 

Viajamos para Puerto Iguazu a convite da Ford do Brasil.


Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

author
PorRicardo Cobra
Publicidade
Pop
Publicidade
Arquivos
Fique Ligado! Assine nossa newsletter
Receba todas as novidades do Homem na Cozinha

Todos os direitos reservados © Homem na Cozinha - 2006 - 2016