Praticamente desde que eu nasci eu vou para o Guarujá, pois minha avó (a do melhor strogonoff do mundo) tinha casa lá. Fora a praia, minhas lembranças mais remotas do Guarujá (ligadas à comida) são o copo de vidro marrom da Duralex e o pão de cará.

Minha história com o pão de cará sempre foi estranha, por que o pão era meio doce, meio salgado… mas era o pão que eu ia comprar com a minha avó, todo final de semana que estávamos no Guarujá. Íamos andando, as vezes na padaria pertinho da casa dela, às vezes em uma padaria lá para os lados do Tortuga.

Recentemente, voltei depois de uns 9 anos para o Guarujá e fui atrás do pão de cará e não encontrei. Passei a caçar receitas de pães, mas nenhuma chegava perto da receita original, até que esse final de semana misturei um monte de conceitos e receitas e fiz, finalmente, um pão com o gosto muito parecido com o pão da minha infância. Esse, ficou mais pesado que o da padaria, mas isso eu vou melhorando com o tempo.

Pão de Cará

pao-de-cara

Ingredientes

1/2 Kg de Cará
1/2 kg de farinha de trigo
2 colheres de sopa de manteiga
3 ovos
1 copo americano de leite morno
15grs. de fermento biológico (1 tablete ou 1 saquinho do em pó – Não testei)
1 colher de sopa de açúcar

Modo de preparo

Após descascar, cozinhe o cará em pedaços e tão logo estejam cozidos (macios), esprema. Reserve.
Dissolva o fermento no açúcar e junte os ingredientes “molhados”. Adicione a farinha de trigo aos poucos, até que a massa esteja lisa.
Faça os pães em forma de bisnaga e pincele-os com a mistura de 2 gemas batidas.
Deixe o pão descansar 1 hora e meia antes de assá-lo em forno moderado.

Veja outras Receitas de Pães aqui no Homem na Cozinha

Siga o painel Pães – Receitas e Dicas de Homem na Cozinha no Pinterest.