O licor de absinto, ou simplesmente absinto, é especialmente popular na França sobretudo pela ligação aos artistas parisienses de finais do século XIX e princípios do século XX, até a sua proibição em 1915.

O licor tem geralmente uma cor verde-pálido, com um aroma similar ao anis, porem mais sutil devido às diversas ervas usadas, e apresenta uma percentagem de álcool muito elevada (45% a 85%, embora nenhum produto comercializado tenha mais de 74%).

Há citações históricas, que artistas como Van Gogh, Rimbaud, Baudelaire e Toulouse-Lautrec, entre outros, tomavam com certa frequencia essa bebida, outros historiadores afirmam que o destilado de ervas cor verde-esmeralda, também chamado de “fada verde”, seria o responsável pelo comportamento bizarro de Van Gogh. Talvez efeito ressonante da bebida.

Ingredientes

– 1 dose de absinto (aproximadamente uma colher de sopa)
– 1 torrão de açúcar
– 2 doses de água gelada

Modo de Preparo

Despeje o absinto em um copo. Coloque na boca do copo uma colher com furinhos (própria para o absinto) e sobre ela o torrão de açúcar. Lentamente, despeje sobre o torrão a água gelada até que ele se dissolva.

[BP] absinto, anis, água, [/BP]