Utilizar ervas nas receitas, trará a todo alimento um sabor peculiar, despertando os sentidos. Porém a utilização da erva errada, poderá transformar sua receita em um completo fiasco.

Minha intenção nessa série de posts, é introduzir cada um dos leitores ao mundo da invenção. Para aprofundar-se no assunto, posso recomendar pelo menos 3 livros:
Guia A-Z de Plantas – Condimentos

Especiarias e Ervas Aromáticas: História, Botânica e Culinária

Plantas de Uso Medicinal & Condimentar: Olhos e Gengibre

E vamos falar de ervas:

1. Alecrim

Aroma fresco e pronunciado, de sabor picante;

Utilizado nas culinárias Italianase mediterrânea;

Recomendado para Carnes (principalmente as de caça), vitela, cabrito, pescado, pães e saladas;

Excelente para condimentar azeites e vinagres.

2. Louro

Aroma muito pronunciado. CUIDADO – não use muito.

Recomendado para ensopados, marinados, vegetais e peixe ao forno

Retire a folha após o cozimento, pois pode azedar a comida.

3. Hortelã

Aroma e sabor refrescante e mentolado;

Utilizado na culinária Árabe, para temperar tabules, quibes, charutos de folha de uva;

Recomendado para carneiro, peixe, licores, doces e chás;

Além do uso para decoração, coloque um ramo em uma jarra de águae tema uma bebiba muito refrescante.

4. Aipo ou Salsão

Aroma intenso, de sabor picante;

O talo cru, pode ser usado em saladas e as sementes podem ser usadas para aromatizar licores e condimentar o sal

Recomendado para saladas, purês e vinagretes;

Rico em sais minerais e vitaminasA e do Complexo B.

5. Orégano

Salienta o sabor de azeitese vinagres. Um ramo de orégano fresco basta.

Recomendado para molhos de tomate, pães, massas, saladas e pratos à parmegiana;

Deixar de usá-lo em pizzas, deveria ser considerado crime.

6. Salsa Lisa

Tempera qualquer receita.

Recomendado para molhos, marinados, risotos, omeletes, verduras, etc;

Misturar com manteiga faz com que peixes tenham um sabor peculiar.

em uma semana, postarei a parte 2.


Technorati : condimentos, ervas, temperos