Este post está sendo republicado, como parte das homenagens que fiz para alguns blogueiros, em função da campanha Receita Milionário Knorr. O homenageado da vez? O próprio autora da receita, o famoso e polêmico Cardoso. Sem mais delongas, a receita de Picanha.

Seguindo a nova sessão do site, para essa quarta-feira convidei o famoso Contraditorium, ou melhor Carlos Cardoso, para escrever a sua receita preferida.

Inicialmente ele tinha proposto uma receita, porém as cozinhas poderiam entrar em combustão então preferimos que a receita fosse algo prático e saboroso como picanha ao forno.

Sei que nosso primeiro autor convidado, o Daniel Bender irá reclamar que não é assim que se faz picanha, mas eu o convoco a nos ensinar como um gaucho faz churrasco.

Picanha ao forno – por Carlos Cardoso
Ingredientes

2Kg de sal grosso, rude e mal-educado

1 peça de picanha de pelo menos 1Kg

1 tabuleiro (assadeira) de teflon,

papel alumínio

Modo de preparo

Forre o tabuleiro com sal, pelo menos 1/2 cm de altura.

Coloque a picanha. Cubra-a com sal, até fazer um montinho. Enterre mesmo. Compacte com a mão para que fique hermético.
Cubra o tabuleiro (assadeira) com papel-aluminio. Forno médio/alto por 1h.

Remova, espete a picanha com um garfo de churrasco, e com uma faca grande bata até o sal se desprender.

Corte e coma.

Link para o vídeo