bruschetta tradicional

Bruschetta Tradicional

Dando início à Semana GastronômicaHomem na Cozinha – Itália, iniciamos com a receita da entrada.

Originária da região central da Itália, a Bruschetta original é frita, porém, para tornar-se mais saudável, foi convertida à assada.

 

Ingredientes

1 Pão Italiano
3 tomates vermelhos picados
Manjericão
Azeite
Sal
pimenta do reino (opcional)
1 dente de alho

Modo de preparo

Corte fatias de pão, da espessura de 1 dedo. Regue com “um fio” de azeite virgem. Leve ao forno por 5 minutos, em temperatura média.

Enquanto isso, coloque 3 colheres de sopa de azeite em uma frigideirae refogue o alho, os tomates, já previamente temperados com sal e pimenta.

Retire a assadeiracom as fatias de pão do forno e cubra cada uma das fatias com o tomate refogado. Salpique com o manjericão picado.


50 Comentários
Anderson

junho 19, 2007 @ 10:37

Responder

Aperitivo muito bom, super prático. Eu fiz e todo mundo adoro.

angelo plozzer

dezembro 15, 2008 @ 07:58

Responder

morei na italia e a bruscheta que conheço se faz com;

pao toscano

alho

azeite

tomates daqueles pequenos

manjericão

sal

oregano

queijo ralado

levar a(s) fatia(s) do pao ao forno depois que ela(s) estiver(rem) torrada(s) passar o alho (ralar) sobre , colocar os outros ingredientes picados sobre o ´pão.. colocar azeite, oregano..e o queijo tipo parmiggiano..(parmesão) por cima de tudo.

murizinha

janeiro 12, 2009 @ 12:15

Responder

concordo com o angelo plozzer: a melhor bruschetta q já comi tem queijo tipo parmesão ralado.

o pão é pré torrado e os ingredientes são colocados crus para q se mantenha o sabor de cada um

huummmmmmmmmmm q delícia!

viitoria

junho 7, 2009 @ 09:49

Responder

aiiii tambem comcordo ,já comiii aiiii é muiiiitooo booooom

huummmmmmmmmmm q delícia!

Tony Moah

outubro 11, 2009 @ 04:59

Responder

Se a minha esposa aprovar, comento de novo no site…

sandra

dezembro 1, 2009 @ 20:41

Responder

ciao a tutte!!! sono paulistana mais moro a 20 anos na toscana ( italia ) tambem concordo com Angelo, mais nao nescesariamente o queijo parmensao ( e opicinal )mas se colocar claro fica muito melhor e buona apetito!!! grazie

Marco e Rita

dezembro 20, 2009 @ 17:23

Responder

Eu e minha esposa gostamos muito de Bruschetta, a que ela faz é: fatia de pão italiano, Tomate bem maduro picado bem miudo ( temperado com azeite oregano , alho e sal. ) e parmesão ralado, leva ao forno sem ter torrado o pão anteriormente e os crus.

Moacir Chamusca

dezembro 26, 2009 @ 21:27

Responder

Fiz essa receita hoje e está aprovadíssima. Exagerei um pouco no azeite e ficou faltando um pouco de sal, mas mesmo assim ficou uma delícia. Acrescentei queijo muzzarela a receita, ficou uma boa combinação.

Rodrigo

fevereiro 5, 2010 @ 12:29

Responder

Olá, boa tarde!

Cara você está de parabéns em sua receita, mas tem pessoas que acham que só porque esse prato é italiano, você deve colocar do jeitinho que o pessoal italiano faz, você fez o favor de colocar a receita no site e tem gente reclamando…affs

Nem gêmeos são totalmente iguais …

Isso é coisa de gente que não tem o que fazer e ficam difamando a sua pessoa…Uma verdadeira coisa de pobre, e quando digo pobre é pobre de CONHECIMENTO…

T+

Abraço.

Cobra

fevereiro 5, 2010 @ 12:45

Responder

Valeu pela visita e pelo comentário Rodrigo. É por essas e outras que eu sigo mantendo o blog.

abraço

Pedro

março 1, 2010 @ 17:20

Responder

Rodrigo,

como o título da postagem é Bruschetta Tradicional, houve uma expectativa de ver aqui uma receita "do jeitinho que o pessoal italiano faz"

Mas como alguns leitores que viveram na Itália conheceram uma receita diferente, fizeram comentários explicando.

Porém, tais comentários não foram destrutivos, muito pelo contrário. Acrescentaram novas informações que agregam e o fizeram com muito respeito, sem difamar em nenhum momento o autor.

Vania Danigno

abril 15, 2010 @ 19:19

Responder

Concordo com o Pedro. Acho que os comentários e as variações só acrescentaram, e com certeza foram feitos com muito respeito.

Adoro bruschetta, já comi na Itália mas não reparei se o tomate era cozido ou cru. Estava tão gostoso que não prestei atenção em mais nada.

Vou experimentar das duas maneiras sugeridas. Agradeço a contribuição de todos.

Roberto

abril 24, 2010 @ 17:22

Responder

Minha filha mora na Itália e é casada com um italiano.

A bruschetta que ela fez aqui, foi com o pão assado com um fio de zeite virgem, depois esfregou o dente de alho em todo o pão.

O tomate e o manjericão foram picados e temperados com azeite virgem e sal, sem orégano r sem levar ao fogo.

Ficou uma delícia!!!

Vou esperimentar as formas sugeridas, principalmente o parmigiano Reggiano.

Taina

maio 2, 2010 @ 12:17

Responder

td de bom… ja comi dos 2 jeitos e amooo… só não sabia como fazer… valeu… obrigada

Sandra Barros

maio 13, 2010 @ 16:15

Responder

Well, tentei fazer o mais compliance possível com a receita do chef. Uma delícia. Imagino que as variações possíveis citadas e que possamos inventar também devam ficar uma delícia. Só me arrependo de nào ter tentado experiementar esta receita em casa antes. ë perfeito como entrada, para curtir e degustar com a família ou quando recebendo amados em casa também. Dos 8 aos 80 todos irão adorar. Bravo!!

antonio

maio 25, 2010 @ 15:25

Responder

ciao, non esiste un modo giusto di fare brusquetta, il modo tradizionale è fatta con pomodoro crudo tritato finemente con basilico con sale e pepe nero masserada, ma ogni ricetta può essere migliorata, o cambiato il gusto della gente. Sono un cuoco in un ristorante e ha la ricetta per provare. approvato questo

Celso Isbrecht

maio 27, 2010 @ 19:17

Responder

A melhor bruschetta que já saboreamos, foi na Pizzeria BarbaRossa , da Lori, em Roma. Pão Toscano levemente torrado, por cima, azeite de oliva, tomate cereja, manjericão e alho picado com queijo parmezão por cima, delíiiicia. hummmm.

Carlos Cruz

junho 3, 2010 @ 06:43

Responder

Amigos,
Na semana colhi umas folhas de rúcula bem fresquinhas coçoquei nas Bruschettas .
Desculpe os conservadores mas ficou ótimo..

vitor

junho 8, 2010 @ 16:27

Responder

Meu cada um gosta de uma coisa… e otra tradicional pra ele pode ser a que a familia dele faz e vem fazendo… nao curtiu a receita dele [e so nao fazer, pq eu gostei mto…

abC

Leila Maria Cardoso

junho 14, 2010 @ 06:37

Responder

Parabéns pela receita maravilhosa, e pela boa vontade de compartilhar sua receita, regada cpm um bom vinho é tudo de bom , valeu!

raquel

agosto 1, 2010 @ 16:36

Responder

Olá! Eu gostava de saber se alguém pode dar-me uma dica de onde haverá pão italiano à venda.

Cobra

agosto 2, 2010 @ 09:06

Responder

Amigos de Portugal, a Raquel precisa de ajuda para encontrar Pão Italiano. Aqui no Brasil temos em qualquer padaria grande.

julio

agosto 26, 2010 @ 13:45

Responder

essa receita é uma delicia..

Adriana Just

setembro 1, 2010 @ 12:05

Responder

Olá,

Preciso ter uma idéia de quantas porções para esta quantidade informada.

Grata,

Adriana

Meira

dezembro 12, 2010 @ 12:29

Responder

Amigos, já fizemos a bruscheta com diversas variações, algumas citadas acima … é sempre bom tentar novas receitas … recentemente fizemos com pão integral, devidamente dourado com azeite e um tempero seco com cebol-salsa-alho … meu filho que não curtia pão integral passou a gostar depois desta … !!! Abraços e Bravo !!!!!!

Cobra

dezembro 12, 2010 @ 12:49

Responder

Muito Bom Meira.

É sempre interessante criar variações sobre um mesmo tema e se vem com o adicional de fazer os filhos gostarem de outros alimentos, fica melhor ainda.

Camila

dezembro 24, 2010 @ 16:50

Responder

Delíciaaaaa ! Parabéns e obrigada !

Camila

dezembro 24, 2010 @ 16:52

Responder

Usei tomates pomodoro !

Mel

janeiro 13, 2011 @ 12:47

Responder

Cobra, adoro suas receitas e dicas!!

me diga uma coisa, com qual tipo de vinho vc aconselharia com a sua bruschetta?!?! tinto seco?!?

obrigada

Mel

Cobra

janeiro 14, 2011 @ 18:43

Responder

Mel,

vinho tinto sempre. Se tiver de escolher uma uva, eu iria de Cabernet.

Rkruk

janeiro 27, 2011 @ 13:48

Responder

Cobra, primeiramente meus parabens pelo blog, morei na europa 2 anos e trabalhei em restaurantes italianos e com isso apaixonei na cozinha italiana, entao , e apenas para registrar ai a minha visita em seu blog
Um abraço

Andressa

fevereiro 13, 2011 @ 16:27

Responder

Dio mio cobra acabei de fazer desse jeito e ficou "MERAVIGLIOSA"…sou apenas uma simples amante da boa gastronomia e cozinho com carinho para familiares e amigos.

Washington

junho 9, 2011 @ 19:41

Responder

Muito boa, pratica e rápida pois não refoguei e acrescentei mussarela ralada. Derreteu um pouco e ficou sensacional.

Lele Miranda

junho 29, 2011 @ 20:27

Responder

Amo essa receita… conheci quando trabalhei com Hotelaria… e gostei muitooo..

Parabéns pelo Blog!

Mto bom conhecer receitas de qualidade..

:)

Lele Miranda

junho 29, 2011 @ 20:34

Responder

Também sou amante de um bom vinho..apreendi mta coisa sobre vinhos na Faculdade… se puder compartilhar suas dicas…. seria mto bom!

Grazie ! ;)

Carlos

fevereiro 13, 2012 @ 17:14

Responder

Já experimentaram com Gorgonzola…nossa!!!…melhor utilidade para ele

Olga

março 19, 2012 @ 08:31

Responder

Taí, gostei! Acredito que "refogar" ou saltear os ingredientes da bruschetta rapidamente no azeite apura mais o sabor…é só não deixar "amolecer os tomates! obrigada pela receita!

Bebel Gimenez

abril 26, 2012 @ 18:53

Responder

Boa noite.
Fui criada por uma senhora italiana e ela fazia uma bruschetta maravilhosa.
Todos os comentários são ótimos,e as receitas deliciosas.
Já fiz de todos os jeitos explicados e em casa foi vapt vupt,adoraram.
Até minhas amiguinhas de patas aprovaram.
Muito bom mesmoooooooooo.
Obrigado por tantas receitas,amei♥

anonimo

abril 30, 2012 @ 17:02

Responder

Recomendo fritar o pão italiano no azeite!

De Martini

maio 3, 2012 @ 15:52

Responder

Sou descendente de italianos e como bruschetta desde pequeno. Todos as receitas são válidas e ótimas e cada um faz do jeito que mais agrada. Desculpem os puristas, mas a bruschetta é o equivalente italiano de torradas com geléia, e usamos uma variedade infinita de sabores de geléia. Minha bisavó não torrava o pão no forno, ela aquecia (fritava) o lado que ia receber a cobertura na frigideira.

Rita Bastos

junho 21, 2012 @ 23:17

Responder

Adoro!!!

Neuma Carmem Liro

junho 23, 2012 @ 00:01

Responder

delicia

Marcy Souza

junho 23, 2012 @ 20:29

Responder

Adoroo

Eva Hon

julho 5, 2012 @ 16:08

Responder

muiiiiiito bom

Moyses Vicari

julho 18, 2012 @ 18:38

Responder

delicia, melhor ainda se meu time ganhar …kkk

Suely Marins Ferreira

julho 23, 2012 @ 19:06

Responder

Amei a receita da Bruscheta.

Nanci Soares Lima

agosto 30, 2012 @ 11:11

Responder

é uma nova maneira de se deliciar com novas receitas, e essa é uma boa pedida.
brusqueta é uma receita facil e simples e podemos fazer com nossos ingredientes em casa, e saborear com toda a familia.

Aurea Cherulli

setembro 20, 2012 @ 12:49

Responder

Com um bom vinho, entao!

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

author
PorCobra
Publicidade
Pop
Publicidade
Arquivos
Fique Ligado! Assine nossa newsletter
Receba todas as novidades do Homem na Cozinha

Todos os direitos reservados © Homem na Cozinha - 2006 - 2016