Molho Tare (molho agridoce)

Ingredientes:

1 dente de alho
20 g de gengibre ralado
2 1/2 colher de sopa de açúcar
80 ml de Glucose de milho (Karo)
300 ml de Shoyu

Modo de preparo:

Colocar todos os ingrediente numa panela, levar ao fogo até fever. Esperar esfriar e servir.


59 Comentários
André

junho 19, 2007 @ 06:21

Responder

eu acho que você se confundiu com os ingredientes…

amido de milho é maizena.

eu acho que você quis dizer GLUCOSE de milho, que parece um mel.

Cobra

junho 19, 2007 @ 07:58

Responder

André,

obrigado pela correção. Você tem toda a razão.

Corrigido.

Roberto

agosto 15, 2008 @ 06:33

Responder

São duas coisas diferentes.

A glucose é para dourar e dar sabor de caramelo e o amido é para engrossar o molho para ele não ficar ralo e assim pode-se uasr um pincel para espalhar o molho nos legumes assados na brasa

alina

setembro 3, 2008 @ 13:19

Responder

Olá

gostaria de saber se o molho tarê também pode ser utilizado para decorar os pratos doces, (crepes doces).

Onde posso comprar pronto?

Obrigada

Alina

Cobra

setembro 3, 2008 @ 13:31

Responder

Alina,

não acho que o molho Tarê vá combinar com doces, o shoyu é muito salgado.

Quanto à comprar pronto, não sei onde podes encontrar. Nunca vi para vender.

Adriana

outubro 15, 2009 @ 11:26

Responder

Essa receita é tao facil para aquele resultado tao maravilhoso que mal da para acreditar que é assim mesmo. Vou testar urgente.

Tenho uma outra receita pra testar, mais elaborada : 1 pacote de tempero de peixe (Hondashi – você encontra

com facilidade na seção de alimentos orientais

do supermercado)

Usando um copo-medida de 500 ml, medir:

1 medida de shoyu (molho de soja)

1 medida de sakê

1 medida de açúcar

Quem será que está certo ?

I hope you so !

Cobra

outubro 15, 2009 @ 11:56

Responder

ambas estão certas, Adriana. O resultado é será muito parecido. :D

tarsila

novembro 11, 2009 @ 19:42

Responder

Cozinha-se o dente de alho inteiro junto aos demais ingredientes?

Cobra

novembro 11, 2009 @ 19:59

Responder

sim, coloca tudo junto.

Rodrigo Shikasho

dezembro 24, 2009 @ 13:26

Responder

sim, há tarê pronto para vender, principalmente na Liberdade

Alexandre

janeiro 1, 2010 @ 20:32

Responder

Caros, para empanar o Hot Roll, uso o mesmo preparado que o utilizado para Tempura?

Cobra

janeiro 3, 2010 @ 19:29

Responder

sim, pode usar. Tem a receita aqui no site.

Nestor Carvalho

janeiro 29, 2010 @ 14:22

Responder

Fiquei interessado também na alternativa da Adriana, aí em cima, mas com uma dúvida:

1 medida de 500 ml de cada ingrediente?

Sei, não precisa ser 500 ml de cada, mas medidas iguais para cada um. Mas aí, qual a medida do Hondashi?

Obrigado.

Frederico

fevereiro 12, 2010 @ 17:08

Responder

Olá Cobra!

Eu gostaria de saber se este molho tarê é o mesmo utilizado nas Temakerias, cujo molho se parece visualmente com um shoyo, mas facilmente nota-se ser mais grosso e o gosto é adocicado.

Valeu, muito obrigado!

Frederico Fernandez – Jacareí – SP

Cobra

fevereiro 12, 2010 @ 17:22

Responder

Esse mesmo Frederico.

Jussana

abril 24, 2010 @ 20:53

Responder

Olá Cobra.. De curiosidade tentei fazer o delicioso tare,deu certo.. Usei apenas mel,açucar,shoyo,e saquê!! Nao tive medidas para tal.. Ficou muito gostoso!! Qdo morei em grandes centros como São Paulo,achava ele pronto,mas aqui onde moro nunca nem ouviram falar.. Valeu pela dica!! Abraços..

Talita

maio 6, 2010 @ 09:15

Responder

Oi Cobra, sou apaixonada por esse molho, ainda não tive a oportunidade de ir na Liberdade procurar por ele pronto, porém vou fazer ele em casa mesmo e ver se tem o mesmo resultado do que nas temakerias.

Só tenho uma duvida, mesmo com o gengibre ele ira ficar agridoce??

Parabéénss!!!

Muito bom o seu site.

Abraços

Cobra

maio 6, 2010 @ 09:31

Responder

Talita, fica agridoce sim. Vai na Fé.

leila

maio 20, 2010 @ 21:41

Responder

Boa noite,tentei achar uma receita de um molho que comi em um restaurante de comida chinesa .
Ele é feito com gengibre picado fatiado e adocicado.
Voce sabe a receita?
obrigada!

Cobra

maio 21, 2010 @ 05:15

Responder

Não tenho essa receita não, Leila.
Obrigado pela visita.

Jéssica

junho 1, 2010 @ 19:11

Responder

O molho tarê pode ser guardado?Quanto tempo ele dura? e como armazenar?
Bj

Cobra

junho 2, 2010 @ 04:50

Responder

Jessica,

Pode guarda-ló na geladeira, por 2 semanas.

Bárbara

junho 5, 2010 @ 21:18

Responder

Oie… sobre comprar pronto:
Aqui em BH, no supermercado Mart Plus, que faz sushi na hora pro cliente, acha para comprar… vem em embalagens de plástico e é fabricado no próprio supermercado. Sempre q vou comprar sushi, levo o molho tbm. Em outros nunca vi… mas a receita é tranquilinha. Beijão!

Thiago

junho 7, 2010 @ 12:48

Responder

Olá Cobra,

Estou procurando uma receita de hot Roll que como em restaurante que não usa a alga, o rolo é feito com uma massa parecendo de pastel, você tem essa receita.

Quanto ao molho, o dente de alho vai inteiro mesmo?

Cobra

junho 29, 2010 @ 17:53

Responder

Thiago, não tenho essa receita não

SILVIO

julho 4, 2010 @ 19:40

Responder

cobra em relação ao hondashi ele pode ser utilizado?
E o que vai dar a consistencia?

OBRIGADO

Cobra

julho 4, 2010 @ 22:52

Responder

Silvio,

a consistência é uma junção do Karo com a redução no fogo.

O hondashi pode ser usado sim.

Reinaldo

julho 20, 2010 @ 13:07

Responder

Beleza Cobra.

Usei esse molho para acompanhar lombo assado e picanha no forno, cara foi tudo de bom. Abraços.

jorge

julho 22, 2010 @ 01:30

Responder

O que o Thiago perguntou, do hot roll em uma massa de pastel, é um harumaki roll. É enrolado na massa de harumaki no lugar da alga.

glauce

julho 22, 2010 @ 18:39

Responder

essa receita me deu agua na boca!!vou atrever-me a faze-la!!!obrigada!

luis

julho 23, 2010 @ 20:44

Responder

oi tudo bem?

eu trabalho com sushi

so que eu fis um molho que todo gostaram

queria uma ajura sua que nome eu dor a ele

Cobra

julho 24, 2010 @ 16:22

Responder

Luis,

seu molho é muito próximo do tare, o suco de laranja que faz a diferença. Use isso no nome.

luis

julho 23, 2010 @ 20:50

Responder

Ingredientes:

300ml de suco de laranja

250ml de shoyo

250ml de mel caro

gergibre

cebolinha

250ml azuma kiri doce

açuca e canala

Anselmo Esteves

julho 27, 2010 @ 14:22

Responder

Cara

Só para parabenizar pelo site. Experimentei muitas receitas suas e volta e meia estou por aqui procurando novidades. Parabéns e continue o belo trabalho.

selma

agosto 7, 2010 @ 13:20

Responder

essa massa que parece pastel é vendida em boas delicatessen, é um pacote com folhas da massa para rolinho primavera.

Wellington

agosto 20, 2010 @ 14:56

Responder

Muito boas essas receitas, como estou me aventurando na culinaria japonesa, todas essas receitas estao servindo muito bem.

Estive essa semana na Liberdade e procurei em varias lojas e nao encontrei o tal ´molho tare´ e na verdade tive ate um pouco de trabalho pra explicar que era pra hot roll porque parece que utilizam outro nome.

Bom, mas o que vale e que experimentei essa receita do site e ficou exatamente como eu esperava.

Otimo!!!!!

Wellington

agosto 20, 2010 @ 15:09

Responder

Aproveitando….

Esse molho tambem e utilizado com SKIN?

Como faço para deixar a pele do salmão `sequinha`e sem desmanchar?? Frito, asso grelhado???

Agradeço a ajuda.

Cobra

agosto 25, 2010 @ 08:04

Responder

Wellington, é o mesmo molho sim. Para fazer Skin, corte a pele do salmão deixando um pouco de carne e frite-a.

marcelo

agosto 26, 2010 @ 11:41

Responder

Olá,

No molho tare o alho entra inteiro ou picado?

obrigado

Cobra

agosto 26, 2010 @ 17:50

Responder

Marcelo,

Tanto faz. Se for inteiro, você terá de "pescá-lo" após a fervura. Se for picado, ele será incorporado no molho.

eide

outubro 11, 2010 @ 08:27

Responder

o molho tarê tambem pode ser colocado a sobra do salmão no lugar do hondachi o gosto fica mais semelhate de peixe só é asar ele com espiha e tudo na chapa bem quente e colocar no molho é mais demorado mais o resultado é facinante,eu uso todas as sobras dos legumes no molho tambem o processo é lento mais fica bem saboroso.

adorei seu site cobra sou sushi womam de maceio alagoas um abraço pra ti!

Leomar

outubro 11, 2010 @ 13:20

Responder

Cobra,

Quanto tempo fervendo?

Abraço

Cobra

outubro 15, 2010 @ 08:28

Responder

Leomar,

varia de acordo com a intensidade do fogo, ele precisa ficar mais encorpado que o shoyu.

sudare

outubro 28, 2010 @ 10:39

Responder

tenho essa receita ja pra uma quantidade maior.

(Molho tarê – 1kg de açúcar, 500 ml de shoio diluído, suco de 4 laranjas, gengibre ralado(1 pedaço), 1 maça partida ao meio sem caroço, 1 cebola inteira tirando apenas a casca, 100 ml de sakê kirim, 1 manga em pedaços, metade do abacaxi, primeiro mexer o açúcar até dissolver e depois colocando os demais ingredientes, colocar, "inclusive, um pedaço de kani "e por último colocar os 500 ml de shoyo , depois que ferver, baixar o fogo e permanecer uma 1h e meia a 2 horas, quando tiver quase no final colocar uma pitada de hondashi.)

….mas tenho duvida na hora do kani pois nao consigo sentir realmente seu gosto no molho. Vc acha realmente nescessario?

Vanessa Gomes

novembro 26, 2010 @ 07:45

Responder

Molho tarê pronto eu compro em loja de alimentos orientais. Aqui no Rio

carolina

dezembro 1, 2010 @ 15:47

Responder

Nossa, vc me salvou! sou apaixonada por esse molho e tenho que ficar me descolando (e pagando) toda vez pro restaurante!

Vou fazer e te conto!

obrigada!

carolina

dezembro 1, 2010 @ 15:48

Responder

ah só me conta, vc tem idéia de quantas calorias isso possui?

Cobra

dezembro 4, 2010 @ 16:32

Responder

Carolina,

não tenho idéia da caloria (rs)….mas são muitas hehehehe

Paulinho

janeiro 5, 2011 @ 13:57

Responder

Fiz o molho, porém ficou muito aguado, consistencia quase que de um shoyu! como concerto? e onde posso ter errado?

Juliana

fevereiro 12, 2011 @ 15:49

Responder

Fiz esse molho para acompanhar um peixe empanado. Achei que ficou "salgado" e acredite, coloquei menos shoyo do que diz a receita. Coloquei 150mL de shoyo e completei com água. Outra modificação: eu não tinha a glucose de milho em casa, então substitui por melado. Será que dá tanta diferença assim?? Para tentar consertar coloquei suco de duas laranjas. Ficou um pouco melhor mais ainda assim o paladar não me agradou muito. Será que fiz tudo errado??

Beatriz

maio 14, 2011 @ 08:51

Responder

bom dia!

fiz um molho tarê que ficou muito groso, com consistência de cobertura de sorvete

=/

existe algo que eu possa fazer para diluir?

Cobra

maio 14, 2011 @ 15:48

Responder

Beatriz,

talvez aumentar a quantidade de shoyu.

Cibele Araujo

fevereiro 12, 2013 @ 20:42

Responder

Delicia !!!

Marlei Pirozelli Navalho

dezembro 4, 2015 @ 13:37

Responder

muito ruim a caixa de compartilhamentos nas mídias ficar em cima das receitas.
atrapalha quem quer seguir a receita e não quer compartilhar (ninguém é obrigado a isso, certo?)

Andreia Souto

dezembro 9, 2015 @ 00:18

Responder

ADOREI! Mudei um pouco com o que tinha, mas o resultado ficou otimo!
Usei Melado de cana q precisa um pouco mais do que o Karo, pois e menos doce. Usei o gengibre moido – que e po e seco, mas com otimo sabor. Usei alho triturado – pois ja o tenho liquidificado com um pouco de sal para facilitar a vida. Shouyo normal. E voila!

Homem na Cozinha

dezembro 11, 2015 @ 19:31

Responder

Olá Marlei,
A caixa de compartilhamentos fica a direita do conteúdo em 98% dos navegadores que nos acessam e realmente ninguém é obrigado a compartilhar nosso conteúdo, porém acreditamos pelo fato das receitas estarem disponíveis sem custo algum para os leitores, o compartilhamento seria uma forma de agradecer ao autor e gerar, de alguma forma receita financeira para manter o site no ar.

Marlei Pirozelli Navalho

dezembro 12, 2015 @ 00:54

Responder

Homem na Cozinha , descordo de seu argumentos. Compartilharei se a receita der certo ou for boa, caso contrário, não. Infelizmente perderam alguém que acessa o site. Teria sido mais elegante da parte de vocês dizer que deslocariam a caixa e não "pedir financiamento".

Ricardo Cobra Martinez

dezembro 24, 2015 @ 01:51

Responder

Marlei Pirozelli Navalho vou escrever a resposta não como o site, mas como o dono do site, como o cozinheiro que vive na cozinha para colocar esse site no ar, como a pessoa que tem alguma parte do corpo (mãos, pernas, braços, rosto) durante mais da metade do ano.
Você pode discordar do meu argumento, mas não há como discordar que isso é minha profissão e ela é permitir que você e os outros leitores do site podem testar a receita, usufruir a receita o quanto quiser por causa da minha profissão.
Não pedi financiamento algum. Não sou adepto de crowndfounding, mas a tal barra continua "atrapalhando" – em suas palavras – apenas 2% dos visitantes do site e essa barra corresponde a 10% dos visitantes.
Poderia ser "mais elegante" e dizer que lamento que não terei mais seu acesso, mas não direi isso. Desejarei apenas boa sorte na sua vida e manterei a barra enquanto achar conveniente para o site.
Obrigado.

Comente

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

author
PorCobra
Publicidade
Publicidade
Arquivos
Fique Ligado! Assine nossa newsletter
Receba todas as novidades do Homem na Cozinha

Todos os direitos reservados © Homem na Cozinha - 2006 - 2016